Tenho mais sintomas quando estou no exterior com tempo frio. O que posso fazer?

Tenho mais sintomas quando estou no exterior com tempo frio. O que posso fazer?

Primeiro, assegure-se que está a fazer um tratamento anti-inflamatório eficaz. Se o ar frio lhe provoca sintomas, o mais certo é que necessite de corticosteróides inalados. Se já os estiver a tomar, pergunte ao seu médico assistente se deve aumentar a dose ou tomar medicação adicional. Um broncodilatador de longa acção, como o formoterol, pode ser a melhor escolha.

Uma máscara facial pode ajudar, dado que aquece e humidifica o ar inspirado, dado que o ar frio seca e irrita as vias aéreas, sobretudo nos asmáticos.

Posted in Sem categoria

O que é a imunoterapia (vacinas anti-alérgicas)?

O que é a imunoterapia (vacinas anti-alérgicas)?

Geralmente envolve uma série de injecções de um alergénio ou alergénios aos quais o doente é alérgico. A dose da injecção é gradualmente aumentada, e o objectivo é que o organismo passe a tolerar melhor estes alergénios e não desenvolva asma após a exposição aos mesmos.

A imunoterapia pode ser apropriada para a asma provocada por pólenes, pêlo de animais ou ácaros. A probabilidade de sucesso é maior se a sua asma for causada apenas por um ou poucos alergénios. Se a sua asma reagir a muitos alergénios diferentes, geralmente não melhora com este tratamento.

A imunoterapia é usada há mais de 80 anos e é, ainda, o único tratamento que pode, potencialmente, reduzir a reacção aos alergénios. É eficaz na asma associada aos pólenes, pelo de animais e ácaros, mas não aos fungos.

Existe um risco cada vez menor de ocorrerem reacções adversas graves à imunoterapia, pelo que a mesma deve ser sempre aplicada sob supervisão médica.

Nos últimos anos, surgiram novas forma de aplicação, com a aplicação de gotas sublinguais, que pode ser feita em casa, e que devido à ausência de efeitos indesejáveis graves, não necessita de supervisão médica. Estas formas sublinguais são especialmente interessantes para as crianças e pessoas com medo às agulhas.

Posted in Sem categoria

Que medicação anti-inflamatória posso tomar que tiver dores musculares?

Que medicação anti-inflamatória posso tomar se tiver dores musculares?

Se tem asma e já tomou anteriormente aspirina ou um medicamento similar (anti-inflamatório não esteróide – AINE) sem agravamento dos sintomas de asma, pode continuar a usá-lo. Contudo, se teve sintomas após a toma de aspirina ou AINE, deve evitar estes medicamentos e tomar paracetamol. Deve discutir as alternativas apropriadas com o seu médico assistente.

Posted in Sem categoria

Os corticosteróides inalados são recomendados para o tratamento da asma por serem anti-inflamatórios

Os corticosteróides inalados são recomendados para o tratamento da asma por serem anti-inflamatórios. A aspirina também é um anti-inflamatório, mas não é recomendada para os asmáticos. Porquê?

Porque actuam de formas diferentes, e sobre diferentes tipos de inflamação. A aspirina não tem qualquer efeito na inflamação das vias aéreas na asma. Mais importante, alguns asmáticos podem ter crises graves provocadas pela toma de aspirina. Todos os asmáticos que sabem que não toleram a aspirina devem evitá-la. Mesmo nos asmáticos sem sensibilidade à aspirina esta não tem qualquer efeito benéfico na asma.

Posted in Sem categoria

Continuo a precisar do meu costicosteróide inalado se me sentir bem?

Continuo a precisar do meu corticosteróide inalado se me sentir bem?

Sim, a asma é uma doença crónica que causa inflamação e aperto das vias aéreas. A sua asma não se mantém estável, altera-se no tempo, e existe sempre algum grau de inflamação das vias aéreas subjacente, mesmo quando está sem sintomas.

Os asmáticos por vezes esquecem-se ou optam por não tomar a sua medicação anti-inflamatória, especialmente nos períodos em que se sentem bem. Quando começam os sintomas de asma, tendem a aumentar a medicação broncodilatadora. Contudo, estes medicamentos não tratam a inflamação subjacente. Aos primeiros sintomas de asma deve reiniciar a sua medicação anti-inflamatória se a tiver parado, e não usar apenas o broncodilatador.

Não deve parar de usar regularmente os corticosteróides inalados sem o discutir com o seu médico assistente.

Posted in Sem categoria

O que são os Anti-leucotrienos?

O que são os Anti-leucotrienos?

São um novo grupo de medicamentos que são tomados como comprimidos uma ou duas vezes por dia. Reduzem parte da inflamação brônquica que é causada por um grupo de substâncias químicas designadas leucotrienos, mas não reduzem completamente a inflamação. Também ajudam a proteger as crises de asma. Frequentemente não constituem uma alternativa igualmente eficaz aos corticosteróides para o controlo a longo prazo da asma e prevenção das crises, mas alguns doentes beneficiam do seu uso.

Posted in Sem categoria

Existe uma alternativa eficaz aos corticosteróides inalados?

Existe uma alternativa eficaz aos corticosteróides inalados?  

Não, não existe uma alternativa igualmente eficaz. Os AINEs inalados, p.e. As cromonas, não são tão eficazes, e geralmente não conseguem controlar totalmente a asma.

Os Ani-leucotrienos são comprimidos que são eficazes nalguns asmáticos. Muitas vezes não constituem uma alternativa tão eficaz como os corticosteróides para o controlo a longo prazo da asma e para a prevenção das crises, mas alguns doentes respondem muito bem.

Os anti-histamínicos não são úteis no tratamento da asma. Contudo os doentes que têm rinite alérgica associada à asma melhoram se tratarem apropriadamente a sua rinite, e os anti-histamínicos fazem parte do tratamento da rinite.

Alguns fármacos broncodilatadores, como a teofilina, pode ser tomados como comprimidos, em formulações de libertação prolongada. Para atingir a dose eficaz e segura para cada doente, atingindo o melhor efeito terapêutico, é preciso medir as quantidades de medicamento no sangue e ajustar a dose. Geralmente estes medicamentos não são alternativas aos corticosteróides inalados, dado que não reduzem de forma eficaz a inflamação subjacente. Assim, a inflamação das vias aéreas tende a piorar, provocando crises mais frequentes e mais graves. Embora alguns doentes consigam controlar de forma satisfatória a sua asma com o uso regular de comprimidos de teofilina, este tratamento foi em grande medida substituído pelos corticosteróides inalados. Se está a usar teofilina há algum tempo, deve discutir as alternativas terapêuticas existentes com o seu médico.

Posted in Sem categoria

O que são anti-inflamatórios não Esteróides (AINEs) inalados?

O que são anti-inflamatórios não Esteróides (AINEs) inalados?

São medicamentos, tais como as cromonas (cromoglicato de sódio e nedocromil) que têm um efeito anti-inflamatório menos potente que os corticosteróides. Se o seu médico lhe prescrever um AINE inalado, deve tomá-lo regularmente, mesmo que não esteja com falta de ar.

Posted in Sem categoria

Qual é a diferença entre os corticosteróides e os esteróides anabolizantes?

Qual é a diferença entre os corticosteróides e os esteróides anabolizantes?

Os corticosteróides reduzem o edema das vias aéreas que dificultam a respiração, podendo também reduzir a quantidade de secreções produzidas nos pulmões.

Os esteróides anabolizantes têm um efeito semelhante ao da hormona masculina testosterona, e são usados de forma ilegal por alguns atletas para aumentar a força, resistência e a massa muscular. Os corticosteróides não têm estes efeitos.

Posted in Sem categoria

Quando e porque razão são usados os corticosteróides em comprimidos ou injecções?

Quando e porque razão são usados os corticosteróides em comprimidos ou injecções?

Os comprimidos (geralmente de prednisolona, prednisona, metilprednisolona ou deflazacort) ou as injecções são úteis para o tratamento de crises graves de asma em que as formas inaladas nãos foram suficientemente eficazes ou não estão disponíveis.

Os tratamentos por curtos períodos comportam poucos efeitos laterais. Doses elevadas podem, contudo, afectar transitoriamente o seu humor, de forma positiva ou negativa. Os tratamentos a longo prazo com comprimidos ou injecções de corticosteróides podem provocar vários efeitos indesejáveis, tais como osteoporose, aumento de peso, elevação da pressão arterial e dos níveis de açúcar no sangue. Estes riscos são evitados se, assim que possível, voltar aos corticosteróides inalados e evitar o uso prolongado de comprimidos ou injecções.

Posted in Sem categoria